Os 10 Jogadores de Futebol com Mais Títulos


Na maioria das vezes, julgamos o sucesso e a grandeza de um jogador pelo número de troféus que ganhou durante a sua carreira. Embora esta possa não ser uma forma precisa de medir o calibre de um jogador, o mundo em que vivemos é altamente dependente de números. Como tal, não podemos ignorá-los.

Portanto, vamos dar uma olhada nos dez melhores jogadores que ganharam mais troféus no futebol mundial. Saiba que os números listados representam o número de jogadores que ganharam troféus a nível de clube.

Jogadores de Futebol com Mais Troféus:

  1. Dani Alves: 39
  2. Oleksandr Shovkovskiy: 36
  3. Andrés Iniesta: 35
  4. Ryan Giggs: 34
  5. Lionel Messi: 34
  6. Maxwell: 33
  7. Gerard Pique: 32
  8. Zlatan Ibrahimovic: 31
  9. Vitor Baia: 30
  10. Kenny Dalglish: 29

10. Kenny Dalglish: 29 (Celtic e Liverpool)

Kenny Dalglish

Conhecido como Kenny King, este avançado conquistou impressionantes 29 troféus durante a sua carreira no Celtic e no Liverpool. O Scott chegou ao Liverpool com uma taxa de transferência recorde de 440 mil libras esterlinas. Ele valeu todo o dinheiro, pois pagou essa soma inúmeras vezes como jogador e depois como treinador.

Ele passou a guiar o Blackburn Rovers e o Celtic à glória doméstica como seu treinador.

9. Vitor Baia: 30 (FC Porto e FC Barcelona)

Vitor Baia

Poucos teriam ouvido falar do nome desse ex-goleiro do Barcelona e do Porto. Ele foi um dos poucos que se manteve no clube português quando o seu plantel foi saqueado, em 2004.

O craque português passou a maior parte da sua carreira com o Porto, excepto durante dois anos no Barcelona. Baia conquistou 25 troféus com os Dragões e somou mais cinco durante a sua passagem pelos gigantes catalães.

8. Zlatan Ibrahimovic: 31 (Ajax, Juventus, Inter, Barcelona, Milão, PSG e Manchester United)

Zlatan Ibrahimovic

Todos sabemos quem é este menino mau. Zalatan Ibrahimovic não precisa de introdução, a introdução precisa de Zalatan. Um dos marcadores mais mortíferos desta era, o Sueco conquistou quase toda a Europa. Ele conquistou pelo menos um troféu a cada temporada desde que deixou sua terra natal, a Suécia, em 2001.

Apesar de ter uma das melhores carreiras da história, o sueco pode acabar se aposentando sem um troféu da Liga dos Campeões, a menos que os Red Devils consigam dar um show extraordinário no campeonato este ano.

7. Gerard Piqué: 32 (Manchester United e FC Barcelona)

Gerard Pique

O espanhol tem apenas 31 anos e já ganhou uma soma de 32 troféus. Desde o seu regresso à Catalunha, Piqué somou uns incríveis 26 troféus ao seu currículo. Ele ainda tem alguns anos na manga e pode até acabar no topo desta lista se continuar ganhando troféus no mesmo ritmo.

6. Maxwell: 33 (Cruzeiro, Ajax, Inter de Milão, Barcelona, e Paris Saint-Germain)

Maxwell

Desde sua vitória na Copa do Brasil com o Cruzeiro, em 2000, até seu mais recente sucesso com o PSG na Coupe de France, o lateral-esquerdo Maxwell conquistou uma reputação improvável como um acumulador de troféus em série. Poucos esperavam que o jogador de 37 anos liderasse as tabelas, já que o mundo testemunhou alguns futebolistas verdadeiramente mágicos. Mas, apesar de sua habilidade e talento, nenhum deles conseguiu igualar o troféu do brasileiro.

Maxwell conquistou 33 troféus durante os seus 17 anos de carreira, que começaram com o Cruzeiro em 2000.

A sensação portuguesa Cristiano Ronaldo, o tetracampeão Ballon d’Or, só ganhou 20 tophies até agora, 17 a menos que Maxwell. Mas isso não significa que o brasileiro seja um jogador de futebol superior. Apenas mostra que ele fez parte de algumas das equipes de futebol mais bem-sucedidas do planeta.

5. Lionel Messi: 34 (FC Barcelona)

Lionel Messi

Todos nós sabemos que ele ia fazer esta lista. O GOAT, Lionel Messi ganhou um total de 30 troféus com o Barcelona desde a sua chegada como substituto em 1 de Julho de 2004. Com apenas 31 anos, o prodígio Barcelona está fazendo manchetes após as manchetes. Os seus pés rápidos impossibilitam que os defensores o apanhem quando ele está em fuga. Ele marca sempre que quer e não se importa de assistir um companheiro de equipe de vez em quando.

O vencedor da Bola de Ouro 5 vezes ganhou tudo o que há para ganhar no futebol do clube. No entanto, a falta de uma honra internacional fora de uma medalha de ouro olímpica ainda o assombra. A Argentina chegou perto na Copa do Mundo de 2014 quando perdeu na final.

4. Ryan Giggs: 34 (Manchester United)

Ryan Giggs

O prodígio do Manchester United foi um dos jogadores de futebol mais condecorados durante muito tempo. Ele conquistou mais troféus do que todos os clubes da Inglaterra, com exceção de três, tendo conquistado 34 troféus sem precedentes durante a sua longa e ilustre carreira no time principal.

O galês fez 963 partidas impressionantes para os poderosos Red Devils. Ele levantou 13 troféus incríveis da Premier League durante a carreira, um feito não igualado por nenhum outro jogador de futebol do mundo.

3. Andrés Iniesta: 35 (FC Barcelona)

Andres Iniesta

Iniesta colocou um jogador da partida em tantas finais que seria triste se ele não conseguisse entrar na nossa lista. O espanhol, atualmente com 34 anos, é sem dúvida um dos melhores meio-campistas a pisar em um gramado.

Ele é, na verdade, o jogador espanhol mais condecorado de todos os tempos, mesmo se você considerar apenas as suas façanhas com o FC Barcelona. Ele tem honras adicionais com a seleção espanhola.

2. Oleksandr Shovkovskiy: 36 (Dínamo de Kiev)

Oleksandr Shovkovskiy

Apenas alguns jogadores já fizeram mais de 100 partidas da Liga dos Campeões sem ganhar. Junto com Gianluigi Buffon e Zalatan Ibrahimovic, Oleksandr Shovkovskiy talvez nunca a vença. O jogador de 43 anos terá de se confortar com um dos seus 14 títulos da Premier League ucraniana.

1. Dani Alves: 39 (Bahia, Sevilla, Barcelona, Juventus, e PSG)

Dani Alves

Dani Alves deixou Barcelona com 23 grandes distinções em oito anos. O jogador de 35 anos continua a ser o melhor na sua posição. Pensar que o Barcelona permitiu que ele saísse com uma transferência gratuita. Esta será certamente uma das piores decisões de negócios tomadas pelo clube catalão, especialmente porque não conseguiram substituí-lo por uma alternativa adequada. Isso contribuiu muito na triste temporada que eles tiveram.


GOSTOU? PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS!

Send this to a friend